Associação Brasileira de Brangus
Login:   Senha:  
  história
  diretoria
  sócios
  técnicos
  interatividade
  transparência
  fale conosco
  comunicados
  rank
  catálogo
  genealogia
  trocar a senha
  denúncias
             reclamações
  artigos técnicos
  Revista Brangus
  clima
  eventos
  notícias Brangus
  notícias RSS
  download
  fotos
  vídeos


Matéria atualizada 03/07/2018

Dia de campo do Brangus Saga responde perguntas sobre lucro na pecuária de corte

A Saga Brangus reuniu em seu dia de campo grandes nomes da pecuária e falou sobre o cenário atual e como alcançar lucratividade na atividade.

O Dia de Campo Caminho do Lucro organizado por Mauricio Garcia de Almeida da Saga Brangus, ocorreu na Fazenda Barra Bonita, no município de Chapadão do Céu – GO. A agropecuária faz integração lavoura-pecuária desde 2003 e trabalha com o melhoramento genético da raça Brangus apresentou seus resultados e convidou dois grandes nomes do cenário pecuário para falar sobre lucratividade da pecuária, Miguel Cavalcanti do Agrotalento e o coordenador da Inttegra, Antônio Chaker.

Miguel abriu o evento falando sobre a importância do setor para o Brasil e principalmente que todo pecuarista é apaixonado pelo que faz, por isso deve-se aliar às novas tecnologias para rentabilizar seu negócio. Durante sua apresentação ele comentou sobre 3 pontos chaves para a lucratividade da pecuária, dentre eles está a definição de metas, conhecer os obstáculos e aliar-se à pessoas que possam viabilizar o negócio, consultorias, parceiros e empresas especializadas. “Fazer os cálculos de quanto fatura por hectare é uma conta simples e essencial para saber onde está e pra onde quer ir, e por fim ter a certeza e convicção de conseguir vencer os obstáculos da atividade” comentou Miguel.

“NESSE NOVO CENÁRIO PRECISAMOS PASSAR DE PRODUTOR PARA LUCRADOR RURAL; DEFINA PLANOS E METAS E BUSQUE PARCERIAS QUE POSSAM VIABILIZAR ISSO”.

Antônio Chaker, coordenador do Inttegra, o Instituto Terra de Métricas Agropecuárias falou sobre a gestão da pecuária e salientou que obter lucratividade no setor é um grande desafio. Ele que tem experiência de medir propriedades por 20 anos, diz que muitos produtores focam em objetivos errados e que é necessário ter visão para seguir em frente, disse também que existem três números básicos para alcançar lucratividade na pecuária de corte:



  • Mínimo 0,55kg de GMD (ganho médio diário) em machos;

  • Acima de 150kg de bezerro desmamado por vaca exposta;

  • E os custos devem ser menos de 70% do valor de venda da arroba.



“Trabalhamos com a Saga Brangus há mais de um ano e temos aqui um bom exemplo de gestão madura, o Mauricio é um cara extremamente disciplinado, e tem nas mãos todas as métricas para saber calibrar a empresa e entender pra onde deve caminhar” salientou Chaker.

PARA SE MANTER EM QUALQUER ATIVIDADE PROFISSIONAL É NECESSÁRIO PERFORMANCE.

“O ciclo pecuário é longo, o planejamento a longo prazo é essencial para se ter resultados positivos. Aqui na Saga não temos a intenção somente de aumentar o rebanho, mas sim diminuir os custos operacionais com o uso de tecnologias que possam viabilizar isso. O melhoramento genético da raça Brangus é feito com a responsabilidade de criar animais adaptados, precoces, que cubram à campo e que tenham desempenho e performance no ganho de peso. Só comercializamos touros da raça que temos certeza que usaríamos em nosso rebanho” comentou Mauricio.



Foto: Marcio Peruchi

“O planejamento nutricional que a Sagra Brangus faz com seu gado é um diferencial para que os resultados sejam alcançados, a cada dois ou três meses é feito um acompanhamento para checar se as metas e desafios daquele período foram atingidos. Ano após ano o Mauricio nos desafia para que a rentabilidade por área seja maior, e isso nos motiva ainda mais para desenvolver produtos que potencializem o desenvolvimento da Pecuária.” comentou Luciano Guimarães Simão da Nutani Nutrição Animal.

“Trabalhamos com pecuária de corte há gerações e buscamos sempre aprender novas técnicas que são apresentadas em dias de campo como esse. Percebemos a evolução da raça Brangus e estamos aqui para buscar mais informações e pretendemos usar touros da raça em nossa vacada Nelore” disse Nadin Batista pecuarista da região de Chapadão do Céu.


Foto: Marcio Peruchi


Foto: Marcio Peruchi


Foto: Marcio Peruchi


Foto: Marcio Peruchi


Foto: Marcio Peruchi


Foto: Marcio Peruchi


Foto: Marcio Peruchi


Foto: Marcio Peruchi


Foto: Marcio Peruchi


Foto: Marcio Peruchi

Fonte: Compre Rural
Fotos: Marcio Peruchi


Mais Notícias
ABS contrata touro Red Brangus Bi-Grande Campeão da Expointer
Gango foi criado na Estância São Rafael, no Rio Grande do Sul, e destaca-se pela combinação de cobertura de carne e agilidade
Comercialização de reprodutores na receita da propriedade
Investimento em genética eficiente e melhoradora é fator determinante para a viabilidade da produção de touros
Raça Brangus expande no mercado nacional
Grande parte busca utilização para inseminação artificial devido às características
Faltam insumos para exame de tuberculose em bovinos
Mapa faculta a exigência do teste para trânsito e eventos até que situação seja normalizada
 
 
Redes Sociais :
Rua Piratininga, 908 Jardim dos Estados
Campo Grande, MS - CEP: 79020-240 - Fone: (67) 3321-1316
developed by