Associação Brasileira de Brangus
Login:   Senha:  
  história
  diretoria
  sócios
  técnicos
  interatividade
  transparência
  fale conosco
  comunicados
  rank
  catálogo
  genealogia
  trocar a senha
  denúncias
             reclamações
  artigos técnicos
  Revista Brangus
  clima
  eventos
  notícias Brangus
  notícias RSS
  download
  fotos
  vídeos


Matéria atualizada 23/07/2018

Brangus se destaca na Exposição de Palermo em 2017

Os principais títulos da maior feira agropecuária da Argentina ficaram com cabanhas da Província de Córdoba

A Cabanha Corral de Guardia, de Bellamar Estancias, localizada em Villa Valeria, na Província de Córdoba, levou o título de Grande Campeão da raça Brangus da 131ª edição da Exposição Rural de Palermo com o animal box 805. Já entre as fêmeas, a Grande Campeã da principal feira agropecuária da Argentina foi a box 903, da Cabanha La Sultana, de Groppo, da Província de Córdoba, e de Félix Riese, da Cabanha Doña Anita, de Castelli, da Província do Chaco.

A Exposição Rural de Palermo ocorreu entre os dias 19 e 30 de julho de 2017, no parque de exposições da La Rural, na capital Buenos Aires. Estavam inscritos 150 animais de mais de 48 cabanhas, das quais três paraguaias. No final, porém, a “raça sem fronteiras”  levou para a pista 114 animais. Mesmo com a queda, o número superou os 79 animais que participaram do evento no ano passado. Além disso, nesta edição foram 47 expositores, dez a mais do que em 2016.

Como já é tradição, os criadores brasileiros acompanharam o evento. O presidente da Associação Brasileira de Brangus (ABB), Raul Victor Torrent, e o diretor de Relações Internacionais da entidade, Fernando Barros Waihrich, representaram a Associação. Também estiveram por lá o presidente do Núcleo Riograndense Brangus Sul, Pedro Surreaux Ribeiro Tellechea, o técnico credenciado da ABB Renato Pinto Paiva, o agropecuarista Eduardo Macedo Linhares, da GAP Genética, de Uruguaiana, e o responsável pelo plantel da Brangus Juquiry, Carlos Weiss Pinheiro, o Toco.



Julgamento - O julgamento da raça Brangus, a raça bovina que mais cresce na Argentina, ocorreu no dia 25, na pista número 2 do parque de exposições da La Rural. A partir das 9h, foram avaliadas as fêmeas e, logo em seguida, os machos. O jurado foi o renomado criador Martín Zuza, de Córdoba. Os animais expostos, tanto as fêmeas como os machos, mostraram que a raça, líder no Norte da Argentina e com forte expansão em países vizinhos, vive um momento excelente. “A raça está muito sólida. É a melhor Palermo em qualidade no Brangus”, observou.



O presidente da Associação Argentina de Brangus (AAB), Víctor Navajas, também elogiou a qualidade mostrada pelo Brangus. “Qualquer um dos três animais poderia ter sido o Grande Campeão Macho. Foi a melhor Exposição Rural de Palermo em qualidade e volume que eu me lembre”, destacou o dirigente.

Nos machos, Zuza premiou a funcionalidade, a correção e o movimento, que se tratara de animais largos, com bons prepúcios e com uma boa linha de lombo. Tudo isso junto à qualidade racial do Brangus. Quem reuniu todos esses atributos foi o touro Payanquén. O Grande Campeão Macho Brangus pertence à Cabanha Corral de Guardia, da Bellamar Estancias, de Villa Valeria, Província de Córdoba.

Payanquén é um touro Sênior Maior que pesa 1.056 quilos e tem uma circunferência escrotal de 43 centímetros. O animal tem origem no programa de transferência embrionária da cabanha. “É um touro muito definido, moderado e equilibrado”, assinalou o gerente-geral Alfredo Casaretto. “É um touraço”, elogiou Marina Saint, integrante da família proprietária do reprodutor.

“O pai dele foi Grande Campeão no Campeonato Nacional de Brangus em 2012 e é um dos touros mais importantes da raça”, declarou o médico veterinário e gerente da Cabanha Corral de Guardia, Gastón García. Ele acrescentou ainda que o “reprodutor se sobressaía desde que nasceu, porque se destacava por sua precocidade e masculinidade”.

García disse que a alimentação de Payanquén é diferente da dos touros normais. “Ela é baseada em feno de alfafa e alimento balanceado com vitaminas, minerais, energia e proteínas para que o touro se desenvolva de forma correta para que não tenha nenhum efeito nocivo”, informou. O restante do plantel de touros (90% do rodeio) é mantido à base de alfafa e terminado em confinamento antes da venda. 

Para tristeza de muitos branguistas, García assegurou que o animal premiado não estava à venda e seria levado para a central de inseminação da cabanha para comercializar sêmen. O criatório já possui 4 mil doses congeladas para vender aos interessados. “As crias que estão nascendo são espetaculares”, ressaltou.

A cabanha pertence à empresa Bellamar Estancias, firma que possui quatro cabanhas que comercializam as raças Angus, Braford, Brangus e Hereford. No total, vendem 1,2 mil touros por ano. E, em particular, a Cabanha Corral de Guardia, que trabalha com sua genética Braford e Brangus, está localizada em três lugares estratégicos: em Villa Valeria, em Joaquín V. González, Salta, e em Formosa capital.

O título de Reservado Grande Campeão Macho foi para o touro Brochero (box 783), da Cabanha La Sultana, de Groppo, de Bell Ville, e da firma Viradolce, do Paraguai. O Terceiro Melhor Touro da feira de Palermo foi um touro Sênior de 1.000 quilos e 53 centímetros de circunferência escrotal, da Cabanha Corral de Guardia.


Grande Campeão


Reserevado Grande Campeão


Terceiro Melhor Macho

Julgamento das fêmeas - Nas fêmeas, a box 903, da Cabanha La Sultana, de Groppo, e de Félix Riese, da Cabanha Doña Anita, de Castelli, Chaco, se consagrou Grande Campeã Fêmea Brangus de Palermo. A vaca, de 27 meses de idade, estava na pista com sua cria ao pé. No ano passado, ela foi escolhida Terceira Vaquilhona Menor e primeiro prêmio em Palermo.

Os donos do animal acreditavam, desde o ano passado, que a fêmea poderia ser Grande Campeã nesta edição de Palermo. “Como disse o jurado, ela é muito feminina, suave em sua frente, com muita costela, se locomove muito bem e tem qualidade racial”, disse Mauricio Groppo, da Cabanha La Sultana. “A raça está em um momento excelente, temos de valorizar nossas fêmeas, que são as fábricas”, disse Groppo.“Além de ela estar com cria ao pé, já temos 15 embriões para transferir”, acrescentou Groppo. Ele lembrou que a mãe da Grande Campeã foi escolhida Reservada Grande Campeã na Nacional Brangus de 2010 e Campeã Vaca Menor na mostra de Palermo em 2011.

Já a Reservada de Grande Campeã foi a box 889, uma vaca de 24 meses de idade, da Cabanha Corral de Guardia, de Bellamar Estancias. “Não acredito que seja colocada à venda. É uma vaca com muito futuro, nascida e criada na Província de Córdoba”, assegurou García. A Terceira Melhor Fêmea foi a box 883. “Estou muito impressionado pelo nível dos animais, superando a Nacional Brangus e privilegiando a funcionalidade.O julgamento das fêmeas foi muito parelho e competitivo”, salientou o presidente da AAB, Victor Navajas.


Grande Campeã


Reserevada Grande Campeã


Terceira Melhor Fêmea

Fonte: Gustavo Paes
Fotos: Elder Amaro


Mais Notícias
Sul-mato-grossenses apostam na raça Brangus e comemoram resultados
Estado conta atualmente com um plantel de cerca de oito mil exemplares registrados segundo a Associação Brasileira de Brangus
Evento marca encontro de criadores de Brangus da América Latina
Grupo de 15 brasileiros participou de gira internacional em Córdoba onde proporcionou negócios e intercâmbio genético
Seleção Brangus CRW faz R$ 9,6 mil para touros e R$ 4,8 mil para matrizes em Lavras do Sul
Touro S487 Supremacia contratado pela CRV Lagoa alcançou a valorização de R$ 34,5 mil
Brangus domina oferta do Tellechea Associados
Entre exemplares pretos e vermelhos, raça respondeu por mais de 81% e 87% da receita do remate
São Bibiano mantém tradição na pista de Uruguaiana
Remate promovido por Antonio Bastos Filho é um dos mais antigos da primavera gaúcha
Sem Fronteiras reúne quarteto de criatórios gaúchos
Rincon del Sarandy, Corticeira, Soldera e Ave Maria venderam Angus e Brangus pela TV
 
 
Redes Sociais :
Rua Piratininga, 908 Jardim dos Estados
Campo Grande, MS - CEP: 79020-240 - Fone: (67) 3321-1316
developed by